Você está aqui: Entrada Os Quintais nas Praças do Pinhal

Visualizações

Visualizações de conteúdos : 224644

Visitas

mod_vvisit_counterHoje31
mod_vvisit_counterEsta Semana498
mod_vvisit_counterEste Mês1605
mod_vvisit_counterSempre175555
Os quintais nas praças do Pinhal PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por A Rádio Condestável   
Sexta, 26 Outubro 2012 14:20

24-Out-2012

Os cinco municípios, Mação, Oleiros, Proença-a-Nova, Sertã e Vila de Rei que compõem a Associação de Desenvolvimento do Pinhal Interior Sul - Pinhal Maior, vão organizar mercados com o objetivo de comercializar especificamente produtos de hortas ou quintais e outras iguarias locais que muitos residentes fazem para si próprios, mas que não consomem na totalidade.

A ideia é "aproveitar esse excedente", com retorno para quem produz em vez de se desperdiçar e, simultaneamente, atrair quem procura produtos frescos de qualidade superior.

Esta já não é uma novidade e, por exemplo, ?em Paris há mercados deste tipo todos os dias, lá as pessoas só vão ao supermercado quando aqueles mercados não têm o que procuram? dizia Augusto Nogueira da Pinhal Maior.
Na última semana decorreram ações de sensibilização dirigidas à população e o primeiro mercado está agendado para 10 de novembro, na Sertã.
Depois, serão realizados no segundo fim-de-semana de cada mês, de forma rotativa, em cada concelho, sempre acompanhados de animação com artistas locais. Esta primeira edição será como que um balão de ensaio para as próximas, ?onde já se vai perceber como toda a dinâmica se vai processar?, referiu o mesmo responsável.
Outra ideia deste projeto é a criação de um serviço de venda de cabazes, com o consumidor a escolher os produtos frescos para compor uma encomenda que seria entregue de forma direta, semanalmente, um ?trabalho que será feito pela Pinhal Maior mas sempre com produtos locais e tendo por base aqueles que estejam associados a este projeto? disse Augusto Nogueira.
De referir que este projeto está a ser desenvolvido em parceria com a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) e os veterinários municipais.
A iniciativa da Pinhal Maior vai ao encontro de um projeto do Governo para promover mercados de produtos agrícolas locais.

 

Actualizado em Sábado, 27 Outubro 2012 17:16